Juntas Adoração Teologia e Vida

Espiritualidade ou Gnosticismo?

26/08/2010 16:58

A idéia religiosa popularizada hoje é Espiritualidade. As religiões apresenta as suas diversas idéias para este assunto. Na modernidade o que a religião desejava mostrar eram as questões éticas. Hoje o discurso é "a espiritualidade religiosa".
Especificamente a religião cristã no segmento popular foi caracterizada pela divulgação de uma ética restrita. Muitas vezes, para não dizer, na maioria das vezes, beirava um legalismo doentio, castrador, que trazia mais doença emocional, do que vida em abundância. O cristão evangélico, e especificamente apos os movimentos pentecostais, passou a ser conhecido por "aquilo que fazia"ou "deixava de fazer". Havia a necessidade de uma lista do "posso fazer"ou "não posso fazer"
Outro grupo de cristãos se caracterizavam mais por aquilo que criam. Eram os cristãos da reta doutrina. O importante a ser enfatizado era a correta "idéia da fé". Ter respostas teoricas e biblicamente correta era importante. Era uma batalha de idéias.
Atualmente diante da avalanche de informaçoes da espiritualidade religiosa, o cristao evangélico, precisa definir o que é espiritualidade cristã. Considerando que as diversas correntes religiosas tem a sua espiritualidade e que o mundo dos negócios vivencia um "mundo espiritual"cabe ao cristao apontar o que seria a espiritualidade cristã. Há necessidade de especificar o que marca essa espiritualidade. Por onde passa o vivenciar essa espiritualidade crista.
O desenvolvimento do pensamento cristão pode dar algumas pistas para nao fugir das raizes da igreja cristã primitiva. A história mostra que o pensamento cristão sempre lutou em construir uma tríade de espiritualidade: "pensar", "fazer" e hoje a ênfase é sentir.
Na atualidade diante dos desafios da posmodernidade, os quais particularmente eu creio, tem sido ventos abençoadores para a teologia cristã; desde que esta não seja uma mera repetiçao de informaçoes, mas ventos que ajudem a desenvolver uma teologia cristã, construtiva, critica e que traga vida. Uma teologia que vença o racionalismo, o espiritualismo e o legalismo. Uma teologia que traga vida

Contato

Pesquisar no site

Igreja XX-XXI

15/05/2010 13:37

A Vitória da Graça

No dia 31 de outubro de 1999, em Augsburgo, não muito longe de onde ficava um dos primeiros campos de concentração da Alemanha nazista (Dachan), o cardeal Edward Cassidy, presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade Cristã, representando o Vaticano, e o bispo Christian Krause,...

© 2010 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode